Milton H. Erickson

Milton H. Erickson (1902 – 1980)

Nas ultimas décadas, as brilhantes e inovadoras estratégias de Milton Erickson para a psicoterapia, a hipnose e a comunicação se tornaram o tema de numerosos congressos e conferências internacionais. Durante sua vida, Erickson foi conhecido como o principal practitioner mundial da hipnose médica. Ele foi o presidente fundador da Sociedade Americana da Hipnose Clínica bem como fundador e editor do jornal desta sociedade. O registro clínico de Erickson foi surpreendente pelo número de diferentes tipos de problemas médicos e psiquiátricos de que foi capaz de tratar com sucesso – tanto com como sem o uso da hipnose. A criatividade de Erickson e o seu poder de observação foram legendários e suas técnicas formaram a base de todo um estilo de procedimentos terapêuticos e hipnóticos.

Os trabalhos de Erickson formam a base de muitos dos princípios e técnicas da PNL. Erickson foi um dos três terapeutas modelados por Richard Bandler e John Grinder a fim de criar as primeiras técnicas da PNL. Muitas habilidades e técnicas fundamentais da PNL têm sua origem nas habilidades e procedimentos hipnóticos praticados por Erickson. O Modelo Milton, por exemplo, é um conjunto de padrões verbais associados com linguagem e sugestão hipnótica que foi assim chamada em honra de Erickson. Um grande número das principais técnicas da PNL também foram inspiradas pelo trabalho hipnótico de Erickson, incluindo a dissociação V-C (uma técnica usada por Erickson tanto para a indução do transe como para o controle da dor), ressignificação(falando para a parte inconsciente da pessoa), ancoragem (estabelecendo pistas pós-hipnóticas), mudança da história pessoal (a partir das técnicas de regressão hipnótica) e ponte ao futuro (derivada da técnica hipnótica da pseudo-orientação no tempo). De fato, muitos desses procedimentos começaram como processos usados em associação com o estado de transeinduzido formalmente. Também foi descoberto, mais tarde, que tais processos trabalhavam efetivamente se a pessoa estivesse oficialmente “em transe” ou não.

estratégia mais fundamental e importante empregada por Erickson era o processo de ‘compassar e conduzir‘. Erickson era um mestre em encontrar seus clientes em seus próprios modelos empobrecidos do mundo, compassando seu modo de pensar e então, elegantemente, os conduzindo para uma maneira mais útil para organizar as suas experiências. É óbvio que essa estratégia tem muito a oferecer no nosso contexto do dia a dia. Gerentes, professores, vendedores e pais têm muito a ganhar se adotarem a estratégia de Erickson de compassar e conduzir.